Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

De novo com vantagem no mata-mata, Santa Cruz precisa voltar a crescer em decisão

Publicado: terça-feira, 16 de maio de 2017, às 11:28
Por: Leonardo Albertim

É a quarta vez no ano que o Santa Cruz encara um mata-mata. Em todos eles o tricolor conseguiu abrir vantagem no jogo de ida, mas até o momento, em apenas uma ocasião terminou avançando de fase. O duelo contra o Náutico ainda está em aberto. Com a insatisfação da torcida, o desejo de matar, ao invés de morrer, se torna quase uma obrigação.
 
O primeiro adversário foi o Itabaiana, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste. Santa venceu o time sergipano longe de casa por 1x0, e conseguiu repetir o placar dentro do Arruda, avançando à semifinal. 
 
Já diante do Salgueiro, pelo Campeonato Pernambucano, o tricolor venceu por 1x0, dentro do Arruda e acabou derrotado por 2x0, no Cornélio de Barros, vendo o adversário avançar à final da competição. O segundo revés foi contra o Sport Recife. Vitória por 2x1 na Ilha, e derrota amarga por 2x0 diante do seu torcedor. 
 
Contra o Náutico, o Mais Querido tem a chance de se garantir em duas competições do ano que vem e, de quebra, deixar o rival fora delas. O Santa pode até perder por um gol de diferença que garante a terceira colocação. Vale lembrar que no Campeonato Pernambucano não existe o gol qualificado. Ou seja, o qualquer vitória do Náutico por um gol de diferença leva a decisão para as penalidades.
 
E o próximo mata-mata já tem data marcada. Santa Cruz encara o Atlético Paranaense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil com o jogo de ida sendo na próxima quarta (10), no Arruda, e a partida de volta dia 31, na Arena da Baixada.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

De novo com vantagem no mata-mata, Santa Cruz precisa voltar a crescer em decisão

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.