Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

73,5714285714286

Classifique:

Futebol Profissional

Com prazo curto para inscrever jogadores, Santa Cruz adota sigilo e cautela sobre contratações

Publicado: sexta-feira, 17 de março de 2017, às 07:58
Por: Daniel Lima

O Santa Cruz contratou até agora 17 reforços para a temporada. A pergunta que não quer calar no Arruda é: contratações ainda serão feitas para a sequência do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste? A diretoria coral prefere manter a política de trabalhar em sigilo, mas sempre com o velho discurso cauteloso de que está atenta as situações de mercado. O grande desafio da direção de futebol é respeitar o orçamento financeiro do clube para que a folha salarial não seja extrapolada.

Se a cúpula tricolor estiver planejando contratar, o tempo é curto e apertado para trazer novas peças. Isso porque o prazo para inscrever jogadores no Campeonato Pernambucano é só até o dia 24 de março. Já na Copa do Nordeste, 28 deste mês é a data limite. Ainda no fim do fevereiro, o vice-presidente Constantino Júnior determinou uma pausa nas contratações, mas deixou claro que frear a busca por reforços não significaria fechar o ciclo. 

Até agora, 17 atletas chegaram ao Santa para a disputa da atual temporada: goleiros Júlio César e Jacsson; zagueiros Bruno Silva, Jaime e Anderson Salles; lateral Gabriel Vallés; volantes Elicarlos, Federico Gino e David; meias Thiago Primão, Léo Costa e Thomás; atacantes William Barbio, Halef Pitbull, Júlio César, Facundo Parra e Éverton Santos.

SAIBA MAIS

Preparado para assumir titularidade no Santa Cruz, Tiago Costa cobra mais vontade e dedicação

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Com prazo curto para inscrever jogadores, Santa Cruz adota sigilo e cautela sobre contratações

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.