Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

58,8571428571429

Classifique:

O Clube

Santa Cruz exige compensação financeira por prejuízo de perder vaga na Copa Sul-Americana

Publicado: terça-feira, 7 de fevereiro de 2017, às 13:38
Por: Daniel Lima

Mesmo ainda alimentando esperança de jogar a Copa Sul-Americana deste ano, o presidente Alírio Moraes já tem traçado um plano B caso o Santa Cruz não seja incluído na competição internacional. Ele quer, pelo menos, que o clube ganhe uma indenização da Conmebol, que sorteou na última terça-feira os confrontos da primeira fase do torneio. Os tricolores conquistaram a Copa do Nordeste do ano passado e o regulamento previa vaga no torneio continental em 2016 e 2017, mas a mudança na forma de disputa tirou o direito adquirido. 

“É fato que o regulamento nos concedeu o direito de participação. Não há nenhum mecanismo de liminar que possa impedir a realização do torneio. Nesse caso, se reverte com uma indenização financeira com um valor bem ajustado. É um pedido alto, até porque a nossa imagem foi maculada e justamos com a insatisfação da torcida.

Mostramos o desgaste nas redes sociais e as matérias da própria imprensa. O prejuízo já está configurado e espero que pelo menos a gente receba essa indenização financeira”, disse o mandatário coral. 

O Santa Cruz entrou com uma representação junto à Conmebol e a CBF ressaltando a violação ao seu direito adquirido, mas até agora não obteve resposta. De acordo com o presidente Alírio Moraes, a Confederação Brasileira de Futebol já disse que não tem a ver com o caso. 

“A Conmebol tomou uma decisão e a CBF se diz inerte para mudar a situação. Na verdade, a gente teve um direito adquirido violado. É importante esclarecer para o torcedor que nós não estamos tomando medidas agora só porque saiu o sorteio da Sul-Americana. Desde dezembro quando o fato foi consumado, nós entramos com uma representação junto às entidades. A Conmebol ficou de mandar uma resposta e o prazo vence nesta semana. A CBF respondeu que estava inerte e disse que o torneio não é organizado por ela”, declarou. 

Na semana passada, o Santa Cruz emitiu uma nota oficial sobre o que estava sendo feito para incluir o clube na Copa Sul-Americana. A publicação dizia que se o clube não recebesse um esclarecimento dentro do prazo, o departamento jurídico buscaria o direito que foi conquistado dentro de campo na justiça e a briga iria para os tribunais (STJD, Fifa e, se fosse preciso, até a Justiça Comum). Nesta semana, o presidente coral tem uma reunião marcada com o presidente do STJD. 

“Agenda já marcada. A pauta é mais extensa, mas um dos assuntos a ser tratado é a judicialização do processo nosso buscando pelo menos uma reparação financeira”, encerrou Alírio Moraes. 

Para amenizar a saída da Copa Sul-Americana, a CBF deu ao Santa o direito de entrar na Copa do Brasil deste ano nas oitavas de final, junto com as equipes que disputarão a Libertadores neste início de ano. 

LEIA MAIS

Presidente promete anunciar este mês grande patrocinador no Santa Cruz para equacionar dívidas

 

Compartilhe:

Santa Cruz exige compensação financeira por prejuízo de perder vaga na Copa Sul-Americana

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.