Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

90,125

Classifique:

O Clube

Alírio Moraes quer dar “aula de gestão” em 2017 e reestruturar o Santa Cruz com o apoio da torcida

Publicado: sábado, 7 de janeiro de 2017, às 20:56
Por: Messias Amorim

O segundo semestre de 2016 foi um desastre para o Santa Cruz. Cotas bloqueadas, salários atrasados, queda para a Segunda Divisão do Brasileiro e desmanche do elenco marcaram o clube, que luta para se reerguer em 2017. O presidente do Santa, Alírio Moraes, espera administrar bem a parte financeira e dar uma “aula de gestão”, reestruturando o Tricolor Pernambucano este ano. Para o feito, ele também conta com o apoio da torcida coral.

“Temos que olhar para frente. Esse ano é muito importante para o futuro do Santa Cruz. Precisamos ser campeões de gestão. Administrar bem a parte financeira, para não acontecer o que aconteceu em 2016. É o nosso último ano de mandato e iremos brigar pelo tricampeonato estadual e o bicampeonato da Copa do Nordeste. A torcida pode esperar, pois vamos fazer um time guerreiro , com a cara do torcedor. Se Deus quiser, a torcida vai se animar para ir ao estádio. Teremos um novo plano de sócios, e o torcedor poderá contribuir mês a mês com o Santa. Estou animado e esse ano será fantástico. Queremos dar aula de gestão para reestruturar o clube”, destacou o mandatário coral.

Alírio explicou o motivo dos problemas financeiros no Santa Cruz, alegando que o salário de muitos jogadores aumentou após o acesso para a Série A e além disso, outros atletas vieram com um salário alto. No entanto, disse que em 2017 isso não irá se repetir, pois a folha será bem mais enxuta. Ainda assim, garantiu que a torcida terá um time guerreiro e novos ídolos irão surgir.

“O que aconteceu foi que, em 2016, o salário dos jogadores foi impulsionado com o acesso (para a Série A). Isso é normal. Alguns atletas ficaram para o ano passado e isso inchou a parte financeira do clube. Alguns jogadores que foram contratados para ajudar o Santa vieram com salários altos, juntando com os bloqueios judicias, o que debilitou muito o clube no segundo semestre de 2016. Acho que iremos voltar às nossas origens e montar um time guerreiro, que também terá suas estrelas. Nessa temporada terão jogadores que irão assumir a função de ídolos da torcida”, disse.

PROGRAMA DE SÓCIOS
“Eu estou com um pequeno impedimento para o lançamento do programa de sócios, porque tenho até o dia 15 janeiro para marcar a data da futura eleição e publicar a relação dos sócios que seriam votantes na eleição do final do ano. Achei que não seria de boa politica lançar a campanha antes da publicação da lista, para não se confundir com atitude eleitoreira. Vamos fazer uma coisa de cada vez. Até quarta-feira publicamos essa lista e divulgamos a data do lançamento do programa. O torcedor tem que ter cada centavo deste ano pago, pois as cotas são pequenas. Cada centavo pago pelo torcedor vai nos ajudar muito”, explicou.

GRITO DA REPÚBLICA
“O motivo da nossa vinda para cá (Estádio Grito da República), é que estamos fazendo uma reforma no nosso gramado (Arruda). E também estamos aqui porque já é uma prática procurar outro município para realizar a pré-temporada. Surgiu a oportunidade de virmos para Olinda e estamos nos sentindo muito acolhidos. Estamos em casa, e teremos uma proximidade com os torcedores corais olindenses. Acho que vai ser uma experiência boa e, desde já, fica a expectativa para termos essa parceria até o final do ano, para fazermos treinos e jogos aqui. Tem muita coisa sendo apalavrada e acho que vai caminhar bem”, encerrou o presidente Alírio Moraes.

OUÇA A ENTREVISTA

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Alírio Moraes quer dar “aula de gestão” em 2017 e reestruturar o Santa Cruz com o apoio da torcida

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.