Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

A menos de um mês da estreia em 2017, Santa busca 14 reforços e Eutrópio mostra pressa para contratar

Publicado: sexta-feira,23 de dezembro de 2016, às 16:19
Por: Daniel Lima

Daqui a exatamente 28 dias, o Santa Cruz estreia na temporada de 2017. O primeiro jogo será no dia 21 de janeiro, contra o Paysandu-PA, no Arruda, pela Taça Asa Branca (campeão da Copa do Nordeste x campeão da Copa Verde deste ano). Praticamente sem elenco, que sofreu um grande desmanche, o técnico Vinícius Eutrópio pede pressa à diretoria nas contratações e espera ter 80% da base do time montada para a pré-temporada, marcada para o dia 4 do próximo mês, na cidade de Chã Grande (agreste pernambucano). 

“No primeiro dia do trabalho, em janeiro, nós temos que ter, no mínimo, 80% do elenco montado e com todo o grupo de trabalho para que a gente possa afinar o nosso discurso e otimizar o nosso tempo.  Nós, todos, temos que ajudar na reconstrução do time”, declarou o treinador coral. 

Hoje, o grupo do Santa para 2017 só tem 16 jogadores, sendo seis deles pratas da casa e quatro da base (subiram do Sub-20 para o profissional). A ideia da direção tricolor e do técnico Vinícius Eutrópio é contratar 14 reforços (mais de um time) para a disputa do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste do próximo ano. Além disso, o elenco deve contar com no máximo 30 atletas, segundo o treinador coral revelou na coletiva da sua apresentação oficial. 

CONTRATAÇÕES
Anteriormente, ficou decidido que o Santa Cruz contrataria 16 reforços, mas o número caiu para 14. Isso porque o clube anunciou oficialmente dois jogadores: o zagueiro Bruno Silva e o goleiro Júlio Céasr. 

Compartilhe:

A menos de um mês da estreia em 2017, Santa busca 14 reforços e Eutrópio mostra pressa para contratar

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.