Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

95,0769230769231

Classifique:

O Clube

Para aumentar receitas, Santa Cruz aposta na força da torcida

Publicado: domingo, 22 de maio de 2016, às 11:01
Por: Messias Amorim

Mais um bom resultado do Santa Cruz nesta temporada 2016. Os corais empataram fora de casa com o Fluminense/RJ, em 2 a 2, e agora somam 4 pontos em duas rodadas. O vice-presidente do clube, Constantino Júnior, falou das dificuldades que existem ao disputar uma primeira divisão e pediu o apoio da torcida tricolor.

“São muitos compromissos, muitos bichos, questão de compromissos no clube, tudo isso envolve dinheiro, e o país vive um momento difícil. Contamos com o torcedor. Queremos chegar a 20 mil sócios. Contamos com o torcedor. Futebol é caro e difícil de fazer. É o momento do torcedor entender”, destacou.

Com a boa fase, o dirigente coral pediu, mais uma vez, que a torcida compareça ao Arruda, no jogo da próxima quarta-feira (25), contra o Cruzeiro/MG, às 21h45. Para Constantino, o público não pode ser menor que 30 mil torcedores. “Na próxima quarta-feira o torcedor tem que apoiar este time de guerreiros. Não podemos esperar menos de 30 mil pessoas contra o Cruzeiro, que é um grande time”, declarou.

CONTRATAÇÕES

“Sabemos que iremos reforçar pros setores necessários. Nossa equipe tem vindo de uma evolução constante, mas sabemos também do desgaste. Vamos ter retornos no próprio grupo, como João Paulo e Vítor. Precisamos de um elenco forte, Série A não pode relaxar. Sabemos da ansiedade do torcedor, mas temos que olhar para o lado financeiro. Se trouxermos jogadores caros, acabamos não podendo pagar quem já está aqui. Tem que ser jogadores que caibam no nosso orçamento, mas que venham reforçar a equipe”, finalizou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Para aumentar receitas, Santa Cruz aposta na força da torcida

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.