Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

85,8333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Título do Nordestão premiou invencibilidade do técnico Milton Mendes em um mês no Santa Cruz

Publicado: domingo,1 de maio de 2016, às 19:41
Por: Daniel Lima

O técnico Milton Mendes mudou o Santa Cruz da água pro vinho e em um mês no comando da equipe coral teve o seu início de trabalho retribuído com um título da Copa do Nordeste. Inclusive, uma conquista inédita em 102 anos de história do clube. Sem perder desde que chegou ao Arruda, o retrospecto do treinador é avassalador: cinco vitórias e quatro empates, em nove jogos.
 
Após o título da Copa do Nordeste, Milton Mendes revelou que ficou com um pé atrás para acertar com o Santa. Isso porque, antes de vir ao Recife, assistiu em Portugal ao empate em 0 a 0 contra o América, pela 9ª rodada do Campeonato Pernambucano, e observou o péssimo rendimento do time. Porém, ele acreditou no projeto e mostrou competência para fazer os jogadores voltarem a atuar em grande nível.
 
"Assisti ao jogo do time contra o América. Uma partida pobre. Estava em Portugal na ocasião e foi difícil a escolha. Sabia que seria difícil, até porque tinha muita coisa para trabalhar. Pensei mais de 15 horas. Depois, olhei individualmente os jogadores e alguma coisa me disse para eu vir. Não sei dizer o que foi. Na primeira semana que cheguei, implantei a minha maneira de trabalho e passei meu conceitos", declarou. O técnico coral estreou logo com uma classificação heroica, no dia 3 de abril, quando o Santa Cruz venceu o Ceará/CE por 1 a 0 e avançou às semifinais do Nordestão.
 
FILOSOFIA
"As coisas aconteceram naturalmente. Os jogadores entenderam o que tinha que ser feito. Trabalhei a compactação, transição e deixei o time jogando mais próximo das linhas. Mostrei vídeos e os atletas observavam o que faziam de bom e de menos bom. Foram crescendo e chegamos até aqui", afirmou.
 
FINAL
"Tínhamos uma estratégia e estava dando certo. Grafite perdeu um gol feito no primeiro tempo e não soubemos aproveitar a chance. No segundo tempo, levamos um gol e mais uma vez mostramos maturidade. Fomos inteligentes e arrisquei. Coloquei Bruno Moraes no lugar de Vítor e recuei Arthur. Arriscamos e empatamos o jogo", finalizou o treinador.

OUÇA O GOL DO TITULO NA VOZ DE AROLDO COSTA

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Título do Nordestão premiou invencibilidade do técnico Milton Mendes em um mês no Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.