Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

No palco onde iniciou o retorno à Série A, Santa decide título inédito da Copa do Nordeste

Publicado: domingo,1 de maio de 2016, às 09:36
Por: Daniel Lima

Neste domingo, o Santa Cruz irá disputar o título da Copa do Nordeste contra Campinense-PB, em Campina Grande. O estádio Amigão, palco da grande decisão, traz uma lembrança positiva para os torcedores corais. Em 2011, no dia 9 de outubro, os tricolores arrancaram um empate histórico em 3 a 3, diante do Treze-PB, em confronto válido pela partida de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. Naquela ocasião, os paraibanos saíram na frente do marcador, abriram dois gols de diferença, mas os pernambucanos encontraram forças para deixar tudo igual após os atacantes Fernando Gaúcho (duas vezes) e Thiago Cunha balançarem as redes. 
 
O resultado teve sabor de vitória. Isso porque a equipe coral, então comandada pelo técnico Zé Teodoro, levou uma vantagem, por ter feito gols fora de casa, para a segunda partida no estádio do Arruda, quando empatou em 0 a 0 e garantiu o acesso à Série C.
 
Em entrevista ao Portal CoralNET, um torcedor apaixonado pelo Santa recordou os momentos do jogo na Paraíba. "Estava presente na partida decisiva contra o Treze. Um empate heroico, com dois gols salvadores do atacante Fernando Gaúcho. Ali, foi o começo do ressurgimento do clube no cenário nacional e tive a oportunidade de compartilhar toda aquela emoção vivida", lembrou Pedro Augusto, tricolor formado em Ciências Contábeis. Ele ainda destacou a presença massiva da torcida coral nas arquibancadas do estádio Amigão. "A rivalidade com os paraibanos sempre foi grande. Comparecemos em peso, levando várias caravanas para Campina Grande", pontuou.
 
Para o advogado Thiago Carvalho, de 29 anos, o Santa Cruz foi do inferno à porta do céu em 90 minutos. Até porque eram três anos disputando o Brasileiro da Série D. "Quando o Treze estava vencendo por 3 a 2, todos os tricolores ficaram abatidos. Mas a garra do time prevaleceu e conseguimos empatar com muita raça. Foi uma loucura, pois levamos uma vantagem de jogar pelo empate com placares de 0 a 0, 1 a 1 e 2 a 2 no jogo de volta", disse. 
 
Com boas lembranças de Campina Grande, ele conta os dias para voltar à cidade numa nova decisão, desta vez contra Campinense-PB. "Será uma grande final, diante de um adversário complicado, que, inclusive, eliminou o Sport na semifinal do Nordestão. Vejo grandes chances para ambos os lados", declarou.
 
A torcida coral vai comparecer em peso na Paraíba e a ansiedade é enorme para a conquista do título inédito da Copa do Nordeste, que dá uma vaga na Copa Sul-Americana deste ano e de 2017. Desta forma, os corais ficam apreensivos quanto a assegurar o seu lugar. "Temos a chance de ganhar pela primeira vez o Nordestão e ir para a Sula", disse Thiago Carvalho.
 
Foi na cidade de Campina Grande que o Santa Cruz deu seus primeiros passos para o ressurgimento no futebol brasileiro, saindo da última divisão do futebol nacional. Hoje, o clube se encontra num patamar totalmente oposto, voltando à Série A depois dez anos.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

No palco onde iniciou o retorno à Série A, Santa decide título inédito da Copa do Nordeste

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.