Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

38,625

Classifique:

Futebol Profissional

Direção sinaliza reformulação do elenco do Santa Cruz para a disputa do Brasileiro da Série A

Publicado: sexta-feira,25 de março de 2016, às 10:08
Por: Daniel Lima

Em três meses, o planejamento do Santa Cruz para a temporada foi por água abaixo. A diretoria confiou em grande parte do elenco que conquistou o acesso à Série A e o vice-campeonato da segunda divisão. O primeiro passo foi renovar com o técnico Marcelo Martelotte, demitido após comandar o time em 15 jogos este ano. O treinador não resistiu à má campanha e perdeu o cargo na última quinta-feira (24). O clube está à procura de um substituto para assumir a equipe. 

O ex-treinador foi um dos responsáveis pelo planejamento da diretoria para 2016. Ao todo, dez dos 11 titulares na vitoriosa campanha do acesso estenderam seus contratos. O único que saiu foi o atacante Luisinho, que se transferiu para o Bahia. Além de manter a base, o Santa contratou 13 reforços para a temporada, mas até agora poucos vingaram. E o rendimento fraco do time reflete em números. Em 15 jogos, seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas, com um aproveitamento de 48,8%. 

O vice-presidente Constantino Júnior deixou explícito nas entrelinhas que, depois do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste, o elenco do Santa Cruz será reformulado para a disputa do Brasileiro da Série A. 

“Fizemos um planejamento para este início de ano. Todos querem nomes de Série A, mas temos limitações financeiras. Nosso planejamento era de que estes nomes chegariam depois do Estadual. Mas esperávamos um maior rendimento desse time que está aí. Alguns não vão ter essa qualidade de permanecer conosco na Série A, mas temos também jogadores que podem ajudar”, encerrou.

Compartilhe:

Direção sinaliza reformulação do elenco do Santa Cruz para a disputa do Brasileiro da Série A

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.