Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

28,6111111111111

Classifique:

Futebol Profissional

Após derrota no Cornélio, Martelotte reconhece jogo abaixo do normal do Santa Cruz

Publicado: domingo,13 de março de 2016, às 18:41
Por: Daniel Lima

Uma atuação fora de casa para ser apagada da memória. O péssimo rendimento dentro de campo fez o Santa Cruz ser massacrado pelo Salgueiro neste domingo (13). Após a goleada sofrida no Cornélio de Barros por 3 a 0, o técnico Marcelo Martelotte simplificou suas explicações. "Realmente foi uma atuação bem abaixo do que precisávamos", disse.  Sem desculpas, ele ainda assumiu a culpa pelo resultado decepcionante.

"A responsabilidade sempre é minha, sou eu quem escalo. Mas, no Santa Cruz, dividimos esse peso na vitória ou na derrota. Sempre foi assim e não vai mudar", afirmou. Em seguida, o treinador lamentou as ausências de alguns titulares, mas não desmereceu o elenco que tem em mãos. Mesmo sendo difícil encontrar aspectos positivos quando o time perde, Martelotte elogiou o meia Daniel Costa após entrar no segundo tempo.

"João Paulo, Grafite e Allan Vieira fizeram falta, realmente. Mas não serve como desculpa. Cabe aos atletas substitutos aproveitarem as oportunidades. A entrada do Daniel (Costa) funcionou bem. Essa recuperação dele passa por bons jogos, como ele fez hoje. Esperamos muito dele. Hoje, se teve um aspecto positivo, foi a entrada do Daniel Costa. É um jogador importante para nossa equipe", analisou.

O JOGO
"Foi um jogo que sabíamos que precisávamos marcar bem o adversário e que era preciso aproveitar as oportunidades. Nossa marcação vinha encaixada até o pênalti, mas erramos bastante na armação das jogadas, na transição da bola. Tivemos uma desatenção no segundo gol e fomos para o intervalo com uma desvantagem grande. A partir do terceiro gol, tocamos mais a bola, mas sem criar muito, nada suficiente para diminuir a vantagem", argumentou.

BRUNO MORAES
"Tentou mostrar vontade, fazer alguma coisa, mas é preciso ter a cabeça no lugar. Sua expulsão é um prejuízo para o time. Prejudica ele mesmo, que vai ficar fora do clássico. É lógico que vai ser conversado e será reprovado. Mas ele já sentiu", encerrou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Após derrota no Cornélio, Martelotte reconhece jogo abaixo do normal do Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.