Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

61,8

Classifique:

Futebol Profissional

Eterno Leonardo fez parte do ataque do Santa Cruz no acesso à Série A em 2005

Publicado: quarta-feira,2 de março de 2016, às 12:09
Por: Daniel Lima

A morte mais que precoce do ex-atacante Leonardo deixou o futebol pernambucano de luto. Aos 41 anos, o ídolo do Sport Recife, que estava internado há um mês, não resistiu ao quadro de neurocisticercose, doença  que ataca o sistema neurológico provocada pela ingestão de alimentos mal preparados, e faleceu no Recife durante a tarde da última terça-feira (1).

A notícia comoveu amigos e admiradores. Nas redes sociais, as homenagens ao ex-jogador são frequentes. Inclusive, uma delas feita pelo atacante Grafite, que declarou: "Perdemos um dos grandes artilheiros do futebol pernambucano. Leonardo, descanse em paz", lamentou. Alguns não lembram, mas Leonardo vestiu a camisa do Santa Cruz em 2005 e participou da campanha histórica do acesso do clube à Série A, ao lado do meia Rosembrick e dos atacantes Carlinhos Bala e Reinaldo, destaques daquele time inesquecível.

Natural de Picos/PI, o ex-atacante foi o terceiro maior artilheiro do Sport Recife e pelo clube marcou 136 gols. Brilhou na década de 90 e no começo dos anos 2000. Foram três passagens com a camisa rubro-negra (1992-94, 1997-2001 e 2004), marcadas por cinco títulos pernambucanos em 94, 97, 98, 99 e 2000, além de conquistar duas Copas do Nordeste, em 94 e 2000.

Ele ainda passou por outros times ao longo da carreira: Vasco da Gama/RJ, Corinthians/SP, Palmeiras/SP, Paysandu/PA, Guarany/CE, Picos/PI, Central, Cametá/PA, Sete de Setembro e Afogadense, onde encerrou sua trajetória futebolística em 2012.

Leonardo trabalhava nas categorias de base rubro-negra desde 2014, sendo o responsável por treinar os garotos que tem como sonho ser atacante. O seu velório está sendo realizado na sede do Sport Recife, desde a noite da última terça-feira (1). A pedido da família, ele será sepultado em Picos, no Piauí.

Compartilhe:

Eterno Leonardo fez parte do ataque do Santa Cruz no acesso à Série A em 2005

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.