Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

44,1428571428571

Classifique:

Futebol Profissional

Reestreia de Keno pelo Santa é marcada por expulsão polêmica após dois minutos em campo

Publicado: sexta-feira,12 de fevereiro de 2016, às 10:06
Por: Daniel Lima

Na reestreia pelo Santa Cruz, Keno praticamente não tocou na bola. Isso porque o atacante entrou no lugar de Wallyson aos 31 do segundo tempo e dois minutos depois foi expulso após o árbitro Gilberto Castro Júnior ver uma agressão do jogador em cima de um atleta do América. O lance rendeu comentários feitos pelo técnico Marcelo Martelotte depois da vitória coral por 4 a 2.

Como não costuma falar da arbitragem, o treinador do Santa não criticou a decisão do juiz em colocar Keno direto pra fora, mas disse que a infração foi polêmica. "Eu não vi o lance direito, pois estava de costas. Achei a marcação da falta duvidosa no primeiro lance. Ele só protegeu a bola. Como depois virei de costas, não posso fazer um julgamento. De um modo geral, não gosto desse tipo de situação, como nenhum técnico gosta, quando um jogador dá chance para que isso aconteça", argumentou.

Foram só dois minutos. O pouco tempo que o atacante passou em campo foi um fato incrível, o que chateou bastante a torcida presente nas arquibancadas do Arruda. O público viu o episódio como uma injustiça e não é à toa que Keno recebeu aplausos ao descer mais cedo do que o esperado para o vestiário.

A expectativa dos torcedores era grande para rever o jogador atuando com a camisa coral, já que ele havia ficado de fora da estreia por não ter sido regularizado a tempo. Também desfalcou o time de última hora contra o Salgueiro. Após sentir dores no joelho esquerdo, o Departamento Médico decidiu vetá-lo, mesmo sem nenhuma lesão detectada.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Reestreia de Keno pelo Santa é marcada por expulsão polêmica após dois minutos em campo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.