Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

88,2857142857143

Classifique:

Futebol de Base

Copa SP 2016: Garotada coral tem "chance da vida" na competição mais importante de base

Publicado: sábado, 2 de janeiro de 2016, às 10:48
Por: Daniel Lima

É a chance da vida ou até a maior oportunidade para despontar na carreira. Os jovens têm a oportunidade de mostrar serviço na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016, que começa neste sábado(2) . A competição mais importante da categoria juniores será disputada pela 47ª vez na história. Os garotos das divisões de base de cada clube sonham em crescer, serem negociados com um time maior ou até mesmo subir para o elenco profissional na temporada do próximo ano. 

No Santa Cruz, o principal objetivo é revelar talentos e encontrar grandes promessas que disputam a Copinha Sub-20. A equipe comandada pelo técnico Felipe Lins dá o pontapé inicial no torneio contra o Vila Nova/GO, neste sábado, dia 2 de janeiro, às 18h (horário do Recife).

Após o chaveamento da competição ser divulgado no final do mês de novembro, o Santa caiu no Grupo 3, com Penapolense/SP, Vila Nova/GO e Mirassol/SP, e jogará na cidade de Penápolis, interior de São Paulo. São 28 grupos de quatro equipes, totalizando 112 times que lutam pelo título.

A mudança em relação ao regulamento dos anos anteriores é que agora avançam à segunda fase os dois melhores times de cada grupo. A 47ª edição da Copinha vai do dia 2 até 25 de janeiro de 2016 e a tabela também já foi divulgada. Serão 27 cidades-sedes, com 29 estádios paulistas. A principal novidade para o próximo ano é a presença do Pérolas Negras, do Haiti. Além do Santa, o rival Sport Recife, Náutico, Porto e América, em sua primeira participação no torneio, representarão o Estado de Pernambuco.

Compartilhe:

Copa SP 2016: Garotada coral tem "chance da vida" na competição mais importante de base

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.