Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

61,8

Classifique:

Futebol Profissional

Jogadores do Santa não ficam satisfeitos com o empate no Maranhão

Publicado: sábado,26 de setembro de 2015, às 19:00
Por: Daniel Lima

Após o empate sem gols com o Sampaio Corrêa/MA, em São Luís do Maranhão, os jogadores do Santa Cruz deixaram o campo com o sentimento de dois pontos perdidos pelo panorama da partida da tarde deste sábado (26), pela 28ª rodada da Série B, no estádio Castelão. Além de perder várias chances, principalmente no primeiro tempo, a equipe coral segue sem entrar no G-4, mas continua na briga por uma das quatro vagas. 
 
Mesmo atuando fora de casa, o Santa não se intimidou, mas acabou pecando nas finalizações. Na parte final do jogo, sofreu uma pressão dos maranhenses e a zaga coral mostrou segurança para segurar o empate em 0 a 0. O próximo compromisso da equipe do técnico Marcelo Martelotte será contra o Bragantino/SP, terça-feira (29), às 21h, no estádio do Arruda, e os atletas ressaltaram a importância de fazer o dever diante da nação tricolor.
 
Daniel Costa: "Hoje foi um jogo que nós deixamos de ganhar dois pontos. Nossa equipe precisa melhorar nas finalizações. Estamos criando, mas errando lá na frente. Essas chances fazem a diferença. Dos males, o menor é que saímos com o empate fora de casa e não deixamos o Sampaio nos ultrapassar (na tabela). Agora é procurar vencer em casa", analisou. 
 
Grafite: "Ficou um gostinho de dois pontos perdidos, mesmo jogando fora de casa. Fomos superiores nas chances criadas, mas não estávamos num dia feliz. Perdemos várias oportunidades. Mas tivemos o empenho de chegar aqui e somar pontos, pelo menos não perdemos", pontuou.

Compartilhe:

Jogadores do Santa não ficam satisfeitos com o empate no Maranhão

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.