Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Matéria Especial

Zada: "Gols decisivos são resultado de trabalho em equipe"

Publicado: sexta-feira,13 de maio de 2005
Por: CoralNET

O primeiro semestre de 2005 tem sido de muitas alegrias para a torcida tricolor e o meia Leonardo Martins, mais conhecido como Zada, vem sendo peça fundamental no time treinado por Givanildo Oliveira. O jogador não só está atuando bem, como também tem marcado gols em momentos decisivos, como o que deu a vitória coral contra o Sport em plena Ilha do Retiro, ou ainda o gol diante da Portuguesa que colocou o Mais Querido na terceira colocação do Campeonato Brasileiro.

O carioca de 28 anos falou ao repórter da CoralNET, Marcos Vinícius, sobre a boa fase que vive no clube e das expectativas para o clássico contra o Náutico.

Segundo Zada, os gols decisivos marcados com a camisa do Santa são reflexo do bom entrosamento e da qualidade do grupo tricolor. “Gols decisivos são resultado de um trabalho em equipe, à boa fase que vivemos é fruto de união e muita dedicação”, disse o meia. Depois da derrota para os mineiros pelo placar de 4 x 0, pela Copa do Brasil, os jogadores sentiram uma sensação de frustração já que vinham de um titulo estadual. “Aquela derrota nos abalou, mas sabíamos que as vitórias na Segundona trariam nossa alto-estima de volta”, concluiu.

Perguntado sobre as dificuldades que o Tricolor irá enfrentar no clássico, o jogador disse que a rivalidade entre as duas equipes é muito grande e que o Santa tem que jogar com cautela. “Acredito que será um grande jogo, com muita emoção para as duas torcidas. Temos que manter a regularidade e fazer prevalecer nossas qualidades”, explicou o jogador.


Sobre a má fase que atravessa o time alvirrubro, o camisa oito coral foi taxativo em relação ao assunto. “Eles tem feito boas contratações e vão estar motivados por estarem jogando em seus domínios. Não podemos esquecer que se trata de um clássico, tudo pode acontecer”, afirmou.

Em relação ao favoritismo tricolor para se classificar para a próxima fase da Série B, Zada acha que o Santa Cruz tem condições de buscar uma classificação, mas prefere deixar o rotulo de favorito para outros clubes. “Sabemos das nossas condições, ainda é cedo para esse tipo de afirmação. O favoritismo eu deixo para os outros, prefiro comer pelas beiradas”, relatou o atleta.

Compartilhe:

Zada: "Gols decisivos são resultado de trabalho em equipe"

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.